Japão quer fomentar relacionamento econômico com a CPLP

Japao e CPLP

A conselheira da embaixada do Japão em Portugal com o pelouro do relacionamento com a CPLP salienta que o país, como observador associado, quer fomentar o relacionamento econômico com os Estados lusófonos e promover o português no Japão.

“Compartilhamos valores como os direitos humanos e a democracia, e ao mesmo tempo o Japão tem relações extensas com cada membro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, e através desta associação internacional queremos fomentar essa relação muito intensa com cada país lusófono”, disse a chefe adjunta da missão da embaixada do Japão em Portugal.

Em declarações à Lusa, Chiho Komura declarou que o Japão “pediu para ser observador associado” da CPLP também para “fomentar o relacionamento econômico e trabalhar para a cooperação e o desenvolvimento” e lembrou que é também com estes objetivos que o gigante asiático realiza de três em três anos uma Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento Africano (TICAD – Tokyo International Conference of African Development).

O Japão, concluiu a responsável, “também tem muito interesse em promover a língua portuguesa no Japão” e destacou que ela própria estudou numa universidade “onde a língua portuguesa é ensinada há mais de 100 anos”.

No ano passado, o Japão investiu milhões de euros na África, tendo em Moçambique o segundo maior destino de investimento e ajuda oficial ao desenvolvimento, no valor de 128 milhões de euros, principalmente concentrado no Corredor de Nacala, um fluxo financeiro que só fica atrás dos valores investidos no Quênia.

Leia a matéria completa no site do OBSERVADOR.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *