Sucesso do Web Summit 2017 revelado em números e com participação de missão empresarial brasileira

Resumo Web Summit 2017 Lisbon

O evento da Web Summit 2017 realizado em Lisboa entre os dias 06 e 09 de Novembro 2017, foi confirmadamente um sucesso. Durante o evento circularam cerca de 59.115 pessoas provenientes de mais de 170 países. A revista FORBES denominou o evento como uma grande oportunidade para se “criar coligações entre startups, investidores e outros para que eles compartilhem informações e forjam relacionamentos”. Abaixo apresentamos alguns números gerais alcançados pelo evento durante essa semana.

  • Mais de 1.200 oradores de alto nível (World-class) presentes
  • Mais de 2.000 Startups presentes consideradas as melhores do mundo
  • Mais de 1.400 Investidores em tecnologia presentes
  • Mais de 2.600 Empresas da Mídia Internacional presentes, entre outros

Nesse cenário não poderia ter faltado a presenta dos empresários brasileiros que estão “de olho” em Portugal. Empresários, investidores e empreendedores são a nova onda vinda do outro lado do Atlântico em Portugal. “Os brasileiros querem vir abrir empresas depois da febre do imobiliário. Não é só comprar imóveis. Querem investir e trazer valor”, afirmou Nuno Rebelo de Sousa, presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil.

Foi com esse propósito que Rebelo Sousa liderou uma comitiva “com cerca de 70 empresários, investidores, fundos, empreendedores e poderes públicos brasileiros (organismos estaduais e municipais de vários Estados)” que vieram a Lisboa a “propósito da Web Summit”, sublinhou o presidente da Federação que reúne 14 Câmaras de Comércio no Brasil (espalhadas de Manaus a Rio Grande do Sul).

O ecossistema de startups que se vive em Lisboa, e os exemplos nacionais servem de fonte de aprendizagem, é palco de oportunidades de negócio para investidores e empreendedores que falam português.

Depois de uma presença “mais circunstancial” na primeira edição da feira tecnológica de Lisboa, Nuno Rebelo de Sousa adiantou que este ano alargaram a comitiva e reforçaram a agenda. “Vieram perceber o que é o Portugal 2020 e qual o papel do IAPMEI [Agência para a Competitividade e Inovação], ver quais os incentivos para replicar no Brasil”, explicou Nuno Rebelo de Sousa.

Conheça em resumo os dados oficiais da Web Summit 2017 no site do evento (Site em Inglês) e Leia uma matéria sobre a missão Brasileira no site da SAPO.PT.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *