Startups criadas para atender estudantes estrangeiros em Portugal se encontrarão no evento ISCTE–IUL

Startups em Portugal

Duas dezenas de startups mostram o que têm para oferecer em matéria de produtos e serviços aos estrangeiros que frequentam o ensino superior na capital Lisboa.

Existem em Portugal mais de 42.500 estudantes estrangeiros, dos quais cerca de 18 mil só na área de Lisboa. Os estudantes estrangeiros têm gostos e necessidades específicas e, por isso, nasceram dezenas de empresas com produtos e serviços específicos para eles.

A nacionalidade mais representada é a brasileira com 12.500 estudantes, seguida de angolanos, espanhóis, cabo-verdianos e italianos. Os chineses e os franceses encontram-se entre os grupos de estudantes que mais tem crescido nas universidades portuguesas.

Várias empresas nasceram a pensar no mercado que os estudantes estrangeiros representam, desenvolvendo produtos e serviços específicos que vão de aulas de português a plataformas para encontrar alojamento, de aulas de música ao domicílio a aluguel de motos e de bicicletas, de viagens pelo país a atividades radicais. Também há quem desenvolva App’s de adaptação ao novo sistema de ensino, forneça alimentação saudável ou promova o desporto em associação com as novas tecnologias.

Dezenas dessas “start-ups” vão reunir-se no ISCTE – IUL numa iniciativa chamada “Start me Up!”. O objetivo é mostrar à comunidade de estudantes estrangeiros da capital as suas ofertas.

Leia a matéria completa no site da AICEP – Portugal Global.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *