Portugal uma excelente opção para as empresas que querem manter uma sede na zona do Euro após o Brexit

Primeiro-Ministro Antonio Costa preside a reuniao do Conselho Estrategico para a Internacionalizacao da Economia

Primeiro-Ministro António Costa preside à reunião do Conselho Estratégico para a Internacionalização da Economia (Foto: Mário Cruz/Lusa)



O Conselho Estratégico para a Internacionalização da Economia, presidido pelo Primeiro-Ministro António Costa, analisou as medidas tomadas para apresentar Portugal às empresas que operam no Reino Unido e o impacto da sua saída da União Europeia (Brexit) nas empresas portugueses exportadoras para este mercado.

O Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, disse que «temos sinalizado que Portugal é uma boa localização». Os serviços do Estado estão a realizar «uma ação profissional» e «um trabalho continuado» para mostrar «Portugal como uma boa localização».

Esta informação destina-se às empresas britânicas ou que estando no Reino Unido «entendam que devem ter uma sede ou operação localizada no perímetro da União Europeia e na zona euro».

Os possíveis impactos do Brexit nas empresas portuguesas exportadores para os países que o constituem está também a ser prospectado, apesar de o quadro das relações econômicas entre o Reino Unido e a União Europeia só agora ir começar a ser negociado.

O Secretário de Estado também referiu a abertura de mercados mercê do trabalho do Governo e das empresas. «Neste momento temos mais de 40 dossiês novos abertos por este Governo e este é um trabalho contínuo», disse.

Eurico Brilhante Dias destacou «o encerramento, finalmente, do processo de exportação da pera rocha para o México», «um caso muito importante», referindo igualmente, a exportação de carne de porco para a China, cujo «processo negocial está encerrado», faltando ainda «verificações finais».

Na reunião foi também tratada a reprogramação dos fundos do Portugal 2020 para o apoio d à internacionalização da economia, disse o Secretário de Estado, que recordou o bom crescimento das exportações e do investimento direto estrangeiro.

Leia a matéria completa no site de notícias do Governo de Portugal.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *