Próximo secretário-executivo da CPLP é português

Cimeira CPLP em Cabo Verde

Foto: TIAGO PETINGA/LUSA



O embaixador Francisco Ribeiro Telles, candidato português ao cargo de secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), foi eleito para um mandato de dois anos, com início em 2019.

Esta decisão consta da Declaração de Santa Maria, aprovada na quarta-feira 18 de Julho de 2018 no segundo e último dia da XII Cimeira da CPLP, que decorreu na ilha do Sal, em Cabo Verde.

Os Estados-membros “elegeram o Embaixador Francisco Ribeiro Telles, indicado pela República Portuguesa, para o cargo de secretário executivo da CPLP, para um mandato de dois anos, de 01 de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2020”, lê-se no texto.

Na sessão plenária, todos os participantes aplaudiram a eleição do embaixador, que se levantou e agradeceu a saudação.

Francisco Ribeiro Telles irá suceder à são-tomense Maria do Carmo Silveira, cujo mandato termina no final deste ano.

Numa declaração durante a sessão plenária, o diplomata português afirmou ser “uma grande honra” ter sido proposto por Portugal para este cargo e de a sua candidatura “ter merecido o apoio dos Estados-membros da CPLP”.

“Gostaria de enfatizar o meu compromisso de trabalhar intensamente para afirmar os valores e objetivos da CPLP enquanto plataforma de cooperação solidária e horizontal e de vocação global”, afirmou.

A CPLP “é uma criação dinâmica que tem a sua história e o seu futuro” e, 22 anos após a sua fundação, “todos temos consciência do muito que já concretizou e do muito que continua por fazer em diferentes domínios”, sustentou.

“Estamos unidos por uma língua que pertence a todos na diversidade com que a usamos e a enriquecemos”, acrescentou.

Leia a matéria completa no site do Jornal de Notícias.PT.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *