Participação da Câmara de Comércio Brasil Portugal do Paraná no Fórum de Sustentabilidade e Governança 2017

Participação Câmara de Comércio Brasil Portugal do Paraná no Fórum de Sustentabilidade e Governança/2017

Representada pelo seu Presidente Dr. Antônio Francisco Athayde, seu Vice-Presidente Secretário Sr. Adriano Greco da Fonseca, e seu conselheiro Dr. Joésio Siqueira da STCP Engenharia de Projetos, a Câmara de Comércio Brasil Portugal do Paraná (CCBP-PR) teve a grande honra de poder participar nos dias 22 e 23 de Agosto de 2017 do Fórum de Sustentabilidade e Governança realizado na FAE Business School. O evento foi coordenado e organizado por um de seus associados a STCP ENGENHARIA DE PROJETOS em parceria com a empresa Milano Consultoria e Planejamento.

Confira a lista de palestrantes que participaram dessa edição de 2017 do Fórum de Sustentabilidade e Governança. Abaixo apresentamos alguns pontos de destaque do evento:

  1. Dia 22 de Agosto de 2017:
    • O Fórum foi aberto pelo Dr. Joésio Siqueira da STCP Engenharia de Projetos.
    • Entrevista com o Dr. Rômulo Lisboa, Diretor de Desenvolvimento e Qualidade da STCP, sobre o tema “Áreas naturais podem ser lucrativas para sociedade e empresários”.
    • O Grupo Boticário prestigiou o Fórum com duas palestrantes, nesse primeiro dia a Dra. Vanessa Machado proferiu palestra intitulada “A Economia da sustentabilidade: custos e benefícios de obras práticas”.
    • A Itaipu Binacional também prestigiou o evento com um palestrante, o Dr. Paulo Afonso Schmidt Assessor de Energias Renováveis da Itaipu Binacional, proferiu a palestra intitulada “Energia, tecnologia, inovação e sustentabilidade”.
    • O evento também contou a participação do Diretor Geral da Sociedade Ponto Verde, Dr. Luís Veiga Martins, que veio de Portugal para falar sobre “Economia circular, logística reversa e novos negócios. O case Ponto Verde”.

  2. Dia 23 de Agosto de 2017:
    • Entrevista com o Dr. Manoel Sobral Filho, Diretor Executivo do Fórum das Nações Unidas sobre Florestas (UNFF – United Nations Forum on Forests) falou sobre as florestas, o clima, a biodiversidade e as metas de desenvolvimento, e que os “Países devem receber para preservar suas florestas” (Confira a entrevista).
    • A segunda palestrante do Grupo Boticário, a Dra. Leide Takahashi, Gerente da Fundação Grupo Boticário, representando a Dra. Malu Nunes, que é a Gerente Corporativa de Sustentabilidade do Grupo Boticário e Diretora executiva da Fundação Grupo Boticário, falou sobre “O Boticário e as reservas Salto Morato e Serra do Tombador”.
    • No mesmo dia o Dr. Michael Jenkins, fundador e CEO da Forest Trends nos EUA, participou ao lado do Dr. David Brand, CEO da New Forests – Austrália, no painel “Capital Natural e Sustentabilidade Corporativa”. Durante o debate o Dr. David Brand menciona que; i.A boa governança promove transparência das decisões, abertura a novas ideias e responsabilidade para fazer o que foi combinado; ii. Os bons sistemas de governança reduzem o risco e realçam os resultados da sustentabilidades comercial, social e ambiental; iii. A sustentabilidade e governança devem ser centrais para os investidores florestais internacionais. Confira também a entrevista do Dr. Michael Jenkins sobre “Investimento em Conservação pode trazer retorno financeiro para o setor privado”.

Importância de Portugal no cenário internacional de empresas que atuam com Sustentabilidade e Governança

É importante lembrar que o Grupo Boticário, fundado em 1977, tem a maior rede de franquias de cosméticos e perfumaria do mundo. Com sede na cidade paranaense de São José dos Pinhais, na grande Curitiba. O início da internacionalização de O Boticário, nos anos 80, foi motivado por respostas de pedidos espontâneos vindos do exterior. A primeira loja em Portugal, por exemplo, foi aberta por sócios de uma franquia no Brasil, em conjunto com parentes sediados em Portugal. Ademais, o célebre publicitário curitibano Eloi Zanetti, que também compareceu ao Fórum Sustentabilidade e Governança 2017, acrescenta que, ao internacionalizar-se para Portugal, o Grupo Boticário não precisou trocar rotulagem e formulação química, devido ao idioma comum. Outro aspecto positivo na entrada em Portugal, destacado por Zanetti, foi a estabilidade do mercado português. (Fontes: Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional e COPPEAD da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ).

Um grande destaque do evento foi a participação da Sociedade Ponto Verde que é uma entidade habilitada pelos Ministério da Economia e pelo Ministério do Meio Ambiente e Território de Portugal. Essa Sociedade foi criada em 1996 para assegurar a gestão dos resíduos de embalagens não reutilizáveis provenientes das embalagens e de outros responsáveis pela colocação de produtos acondicionados no mercado português. A Sociedade Ponto Verde, representada pelo seu Diretor Geral, Dr. Luís Veiga Martins, realçou o princípio da responsabilidade alargada e o sistema integrado de gestão de resíduos de embalagens.

Confira algumas fotos do Fórum de Sustentabilidade e Governança 2017.



Se desejar, entre em contato conosco para obter maiores informações sobre a nossa câmara de comércio, ou se preferir associe-se como pessoa jurídica, ou associe-se como pessoa física através do nosso site.

CÂMARA DE COMÉRCIO BRASIL PORTUGAL DO PARANÁ

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *