Paraná agiliza criação de Porto Seco na fronteira com a Argentina

Paraná cria Porto Seco na fronteira com a Argentina

A governadora Cida Borghetti (Foto) assinou no Palácio Iguaçu um termo de cooperação para a implantação do Porto Seco de Santo Antônio do Sudoeste, na fronteira com a Argentina. A proposta é implantar uma Estação Aduaneira de Interior na estrutura da Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) no município. Isso desafogará as aduanas de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, e de Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina.

O termo de cooperação foi assinado entre a Codapar e a prefeitura de Santo Antônio do Sudoeste. O documento passará agora pela análise da Secretaria de Estado da Fazenda, da Receita Estadual e da Procuradoria-Geral do Estado. “Vamos analisar de forma bastante detalhada para garantir a segurança jurídica do projeto”, afirmou a governadora. “O Porto Seco vai eliminar um gargalo logístico no Sudoeste do Paraná e agilizar as ações referentes ao Mercosul. Apoiamos todas as ações de desenvolvimento do Paraná e a questão da fronteira é um tema de interesse do governo”, afirmou Cida.

O Porto Seco é um terminal alfandegário de uso público, localizado em uma zona terrestre. O local oferece serviços de desembaraço, entre postagem, movimentação de contêineres e mercadorias em geral, destinados à importação ou exportação.

Para o prefeito de Santo Antônio do Sudoeste, Zelírio Peron Ferrari, o Porto Seco trará mais desenvolvimento e integração na região de fronteira. “Com essa estrutura haverá na região um tráfego melhor e maior volume de mercadorias comercializadas. O acesso à Argentina por Foz do Iguaçu, que fica a mais de 300 quilômetros do nosso município, está bastante lotado”, explicou. “Há viabilidade para implantação do projeto, que vai ampliar as divisas do Estado e será importante para a Codapar e para os municípios da fronteira”, disse.

Leia a matéria completa no site da AEN – Agência de Notícias do Paraná.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *